Is a Verb.

Love. Por diversas situações, o amor na sua forma mais intensa e terna, parece ter retomado o controle da simples, contudo complicada vida. Naquele entremeio, a jovem corria com medo. Medo de errar, medo de sorrir, medo de aprender com suas próprias falhas. As decisões que outrora pareciam fáceis, não apresentam sua melhor face. Ela […]

Pianismo.

Um perfeito dedilhado. Uma canção em dó maior. Sem letra, num ritmo acelerado, com um compasso duelando o desafinado movimento de vai e vem. Aquele solitário rapaz, sentado no piano de uma grande universidade. Pessoas passavam, e nem sequer o percebiam. Ninguém apreciava aquela música. O som dos passos, dos suspiros, dos sonhos frustrados, das […]

Ventos, brisas, sinceridades.

Depois de todas as tempestuosas reviravoltas da vida, observa-se uma recorrente brisa. Diante do maremoto que se passara, com certeza o que estava sendo vivenciado não se comparava àquela dor. Mesmo assim o coração daquela doce garotinha, recordava-se de seus passos de dança. Ela desejava mais do que tudo, voltar a rodopiar pelos salões do […]

[TAG] Liebster Award.

Fui indicada em uma tag, (isso, o drummerlife é feliz, e tem saído da zona de marasmo) e consiste em responder 11 fatos à meu respeito, responder 11 perguntas do blog que me indicou, e criar 11 perguntas para outros 11 blogs (que no meu caso serão 8, por que eu sou eu, haha)! É […]

Solturas, Suspiros e Lindezas.

Ele estava sentando em um ponto cego da cafeteria. Talvez não desejasse ser visto ali, após sua decepção com a vida em um todo. Presente naquela crise existencial da incapacidade até mesmo de pensar. O lugar, lotado em seus dois andares com um aroma suave de liberdade, corria contra o tempo. Uma das novas atendentes, […]

Exterminate.

Ser parte de algo, ou algo fazer parte do ser. Não saber a qual acaso pertencer, mesmo se tudo não for parte do acaso, e sim uma realidade distinta. Escondida por dentre as linhas, aprender a conhecer, escutar as cores, visualizar os sabores, vivenciar as desventuras. Crescer nos contratempos, dançar conforme os tamborins. Entender que […]

Carta Aberta ao meu passado.

Queridos, Não é de hoje que peço perdão. Foram tantos momentos em que agi de forma precipitada, e causei com isto grande dano a todos vocês. Prova disso é nossa amizade, que desconstruiu-se lentamente dando vazão à distância. As saudades das conversas infindáveis, tolas, infantis. E As reviravoltas de um dia após o outro no colégio, […]