Exterminate.

Ser parte de algo, ou algo fazer parte do ser. Não saber a qual acaso pertencer, mesmo se tudo não for parte do acaso, e sim uma realidade distinta.

Clara Oswin, Doctor Who

Escondida por dentre as linhas, aprender a conhecer, escutar as cores, visualizar os sabores, vivenciar as desventuras.

Crescer nos contratempos, dançar conforme os tamborins. Entender que não ser, faz parte do viver. Exterminar os medos, nossos maiores vilões, nossas maiores dores, e dissipar cada gotícula de dúvida que ainda nos resta.

Ver que o que outrora parecia se contentar com o vazio, aprendeu a preencher o azul.

Tomar notas, fazer alguns suflês, e deparar-se com um leite inesgotável. Enxergar por fim, que o que era, ou parecia ser, não existia.

Sou parte de uma vilania sem fim, de um ódio causado pelo meu próprio eu, lutando com todas as forças pra realmente deixar de pertencer ao nó, e saborear a profunda complexidade dele.

Quando o nosso herói corre ao nosso encontro, nos mostra que não estamos sós, e que mesmo nas ondulações da vida, nos conta as mais incríveis aventuras que podem ser escritas com o coração.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s