Dear love,

large (7)

A passos largos, me apresso ao seu encontro. Sei que talvez, o nosso relógio não esteja sincronizado, causando o atraso de uma das partes. Sei também que a vida em preto e branco, me faz sentir cada dia mais e mais desejosa por cores verdadeiras, e sei também que os fins por si, tem o intuito de apresentar novos começos.

Talvez, a vida tenha me presenteado com as mais diversas e incríveis experiências que alguém poderia sonhar em ter. E falho ao não me contentar com essas maravilhosas oportunidades. Esses sonhos não contentam-se em ser apenas frutos de uma imaginação sofrida que pertence ao surrealismo barato. E sim, aos planos que uma vida inteira levaria pra compreender. Gostaria de ter mais chances de falar contigo. Tempos diversos, e alegrias incontáveis. Entretanto, ao entender que não é o tempo (novamente), vejo-me perdida naquele nosso silêncio.
Aquela Terra, onde só nós conhecemos os bosques além-mar.

Obrigada por abrir meus olhos, e mostrar-me o quão pequena sou. Ajude-me a caminhar, ou dê-me condições para segurar em seus braços, quando estiver caindo.

É assim que pretendo viver os próximos borrões. Tentando contemplar a arte que está por vir.

Querido amor,

Quero que meu coração pare de saltitar em meio as desventuras, e mostre a real razão de existir. Traga à tona nossas danças, nossas cores, nossos sabores, nossas noites alaranjadas.

Onde o exército de mentiras deixa de existir, e torna-se uma única e perfeita verdade.

Eu, você, nossa história.

Ps. Posso ter o privilégio, de ao fim de tudo, parar pra ler os ventos?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s