. letras .

Lentamente se dirigem a mim letras, que a se juntarem formam as mais diversas palavras. Idéias, talvez lugares, ou contradições…

O passado, o presente, e o que se espera por vir, vai vagarosamente se chocando contra a parede, que eu construí com a minha concepção de mundo. Já tentei, adivinhar o que se passava por minha cabeça… Mas concluí que se eu desvendasse essa minha grande complexidade eu tiraria toda a minha graça de viver. Cheguei enfim, a conclusão. Eu sou quem sou. Posso ser a modinha de hoje, posso ser a garota desmiolada que vive com a cabeça nas nuvens, mas isso que tem todo o entusiasmo de aproveitar cada pedacinho de quem eu posso ser. E as letras me resumem, a mim mesma.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s