. o ritmo conforme a dança .

Tive muitas dúvidas a respeito do que colocar de descrição do blog quando o criei. E num só gesto, olhei pro título, e coloquei “O RITMO CONFORME A DANÇA”. Fui pensar a respeito disso muito tempo mais tarde. Na verdade, foi um acaso eu relembrar dessa frase. Uma aula, sem muito significado, eu comecei a rir. E finalmente associei meu surto de criatividade com o link em que ela está hospedada. O que uma bateria te lembra? Ritmo, pelo menos pra maioria da pessoas. A não ser que você seja um baterista, e que já pense em pedais, pratos, tons, e na sua marca favorita. E o que uma dança te lembra? Talvez balé, jazz, dança contemporânea. Mas sempre nos lembra a sintonia, que a dança deve ter nada mais nada menos com o RITMO!

E como já citei, um surto de risos numa aula super divertida de Psicologia, quando eu descobri que minha frase tinha tudo a ver com o blog, e que só eu não sabia. Sim, eu realmente não tinha parado pra pensar o quanto minhas palavras saem espontaneamente sem saber o porque.

Se ritmarmos nossa dança ao ponto de que qualquer toque de bateria a satisfaça, chegamos a um ponto totalmente engraçado. Nunca vi um dançarino, contando os tempos de uma ponta no balé clássico. E nunca vi um sapateado sem aquele charme de “tap-tap” no tempo certo. Sempre, quando queremos nos mostrar capazes de algo, temos que repensar se aquilo terá significado. No caso de um baterista acompanhar uma dança africana (que é uma das mais ritmadas por sinal), ou um dançarino de sapateado fazer os mesmos contra-tempos que uma bateria, qualquer falha nas contas (1,2,3,4 e) se torna algo desagradável aos nossos ouvidos.

Sim, criamos uma dança própria, cheia de ritmos, sons e sintonias. Que retira toda e qualquer hipótese de sermos pessoas normais. Mas tira todos os sentimentos de solidão, de mágoas, e de mesmice à qual infelizmente estamos acostumados. Tira um tempo pra pegar sua própria mão e conduzir a si próprio a uma dança. Sorrir enquanto se gira no ar um urso de pelúcia. Tem um momento à sós, o qual decide-se por ser igual a todos, ou ser um inventor de danças que envolvem todo o tipo de ritmos. Correr na chuva, simular a valsa perfeita. idealizando sempre, o seu estado de espírito, com um sorriso no rosto.

Anúncios

2 comentários em “. o ritmo conforme a dança .

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s