. Força .

Sinais. Sinais de que suas forças se acabaram. Momentos em que você pensa em desistir, em parar de lutar, em morrer.

Nessas horas sempre chega um colega, parente ou até um sussurro de sua consciência lhe dizendo, TENHA FORÇA. E No fundo, você sabe que não dá mais.

Quantas lágrimas, quantas dores, quantas pedras no caminho. A luta incessante de dizer adeus. Força pode ser caracterizada de duas formas: a força física, e a força da alma.

A Primeira força parece ser mais fácil de ser administrada. Pode lhe custar umas distorções musculares, uma mensalidade um pouco “salgada” em uma academia. Mas é solucionada. Com um pouco de FORÇA DE VONTADE.

E a segunda. Bom a segunda forma…  Ah, situação difícil de ser resolvida. Um chefe de mau humor e exigente. Uma doença terminal sua ou de um familiar. Uma perda (de bens, de vidas, de chances). E Consigo essa falta de força acarreta algumas boas noites de insônia, uns comprimidos de dor de cabeça, um estresse que lhe causa a perda de concentração, e uma frase gritando internamente: VOCÊ NÃO IRÁ CONSEGUIR, VOCÊ NÃO TEM MAIS FORÇAS. Seu sangue lhe sobe a cabeça, suas mãos tremem. É hora de desistir?

Um bom exemplo disso tudo é a força dos cavalos. Além da força física eles possuem uma grande capacidade de prosseguirem rumo ao seu ideal. Outros animais como o burro empatariam, tirando toda e qualquer possibilidade de vermos nossa meta. Mas não, os cavalos em sua persistência nos dizem pra continuar. Por vezes se incomodam com nossa posição, afinal estaríamos nós em cima deles. Contudo prevalecem demonstrando fidelidade e parceria até o dado momento. Ser forte não significa ficar sem chorar, não representa a frieza de nossos corações. Porque se a verdadeira força fosse isso teríamos muitos hipócritas por aí que poderiam se encaixar no termo completo. A Força lhe trás uma esperança… a falta dela lhe tira qualquer alegria. Por isso o motivo de gritarmos, e confiarmos que a nossa força só virá após a dor. Através da dor adquirimos amadurecimento, coragem, e FORÇA. É um termo redundante, eu sei. Porém nós deixamos de batalhar pra obtermos a verdadeira força. Já que tudo está indo mal, porque não desistir? Entregar uma prova em branco, ou deixar de comparecer um dia ao trabalho não fará diferença mesmo. ERRADO!  A Sociedade está regredindo aos tempos em que um pedaço de carne (que era caçada com o suor dos homens) era caso de guerra entre o povoado. Se regressarmos ao menos ao antigo Egito, Grécia ou Roma talvez seríamos mais prudentes do que com a nossa sociedade liberal (que não tem nada de liberal).

A Verdadeira força só tem sentido se continuarmos a batalha. Afinal o rei nunca é linha de fundo, O melhor soldado nunca é posto atrás de uma multidão de colegas. ELES SÃO LINHAS DE FRENTE. E por isso tendem a ser os mais atingidos. Porém aí está sua importância. Nunca faz sentido se nos camuflarmos nas indiferenças do mundo moderno. Mas se fomos os primeiros a adquirir uma pose de líder de uma batalha conseguiremos gritar a todos que a nossa força é resultado de uma dor. Que passará. Mas deixará consigo as marcas de uma vitória predisposta a mudar o curso de sua sabedoria e entendimento.

Anúncios

Um comentário em “. Força .

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s